sábado, 30 de janeiro de 2010

Back again


E eu achava que era possível não jogar. E me enganei de novo. Pura ingenuidade acreditar, por um momento que seja, que é possível viver plain, straight and clear. Eu penso isso, eu digo isso, você entende isso. No mundo real é eu penso isso, digo aquilo e você entende uma coisa que nem passou pela minha cabeça. E no meio desse caminho, pensamos, elucubramos, devaneamos, especulamos, meditamos, refletimos, consideramos, enfim, damos trabalho à cabeça. Pena que a telepatia não é fato, mas mesmo se fosse arrumaríamos uma maneira de distorcer pensamento também. O que é bom é que, se soubermos as regras e concordarmos em cumpri-las, jogar pode ser divertido. E não cumprir as regras pode ser mais divertido ainda. O fato é, tem jogo sim. Sempre. Eu me rendo. I’m back in the game.

7 comentários:

fal disse...

bah, vc manda bem.

Fal disse...

Bah, vc manda bem pacas

flordelis disse...

Bem, vindo de você é elogio pra emoldurar :-)

claudia lyra disse...

Precisamos conversar... ai, ai... melhor: precisamos mugir uma pra outra, já que somos duas vacas, hahahahaha...

Isa disse...

"gosto disto"

flordelis disse...

eu também, é libertador :-)

Luci disse...

na verdade vc. nunca esteve out, né?!
bj